QUANDO NASCE O AMOR

 

Seu olhar me encontrou

A linha da vida nos enlaçou

Sem amarras fortes, sem nós

Um fio frouxo nos unia

 

Dias passaram...

 

O “acaso” trouxe você de volta

Uma brincadeira e uma surpresa

Era a vida nos colocando juntos

Risos e promessas

 

Dias passaram...

 

Meu coração cigano resistia

Incertezas derrotadas pela decisão

Encontro marcado, revelação...

Destinados somos, você e eu

 

Dias passaram...

 

Unidos pelo amor

Por sua força que nos sustenta

Tornamo-nos um só!

Amo-te e eternamente te amarei...

Poema dedicado ao amor da minha vida, José Augusto das Graças. Hoje, 13 de outubro, completa 28 anos que nossos olhares se cruzaram e iniciava-se uma linda história de amor...


Copyright © 2020- Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro - Reprodução Proibida

LIVROS DA AUTORA

​SIGA-ME

  • Facebook Classic
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Twitter Classic
  • c-youtube

© 2018 Todos os Direitos Reservados à Marcela Re Ribeiro